No Banner to display

Fale Conosco Login
Mercedes-Benz apresenta caminhão a hidrogênio Postado em: 5 out 2020 | 25 visitas

A Mercedes-Benz apresentou seu primeiro conceito de caminhão movido a hidrogênio.

O GenH2 Truck promete autonomia superior a 1.000 km, e deve ganhar as ruas em 2023, na fase de testes com clientes.

A comercialização na Europa, Japão e Estados Unidos está prevista para a segunda metade da década.

Até lá, a empresa promete que fará testes exaustivos para comprovar sua viabilidade.

Aliás, a Mercedes disse que vai oferecer somente veículos comerciais novos livres de emissões de CO2 nesses mercados até 2039.

O Brasil, pelo menos por enquanto, está fora dos planos nessa primeira etapa.

O GenH2 utiliza dois tanques para armazenar um total de 80 kg de hidrogênio líquido. Eles ficam dispostos nas laterais do chassi, como em um similar a diesel.

Segundo a Mercedes, a escolha pelo combustível em estado líquido se deu porque ele possui maior carga energética do que na forma gasosa, além de exigir uma menor área para ser armazenado.

Esses tanques ainda são capazes de preservar a temperatura do combustível em 253°C negativos, próximo ao zero absoluto. Antes da injeção, o hidrogênio é aquecido, e, em forma de gás, entra no sistema de célula de combustível. O residual expelido pelo escape é vapor de água.

Para mover o GenH2, serão usados dois motores elétricos, capazes de gerar, cada um, 312 cavalos e 160,8 kgfm. Se necessário, os propulsores ainda podem entregar picos de 450 cv e 211,2 kgfm.

O GenH2 tem peso bruto total de 40 toneladas, e capacidade de transportar até 25 toneladas de carga.